Porcos

bichinhos precisam de lar (frases direitos dos animais)

Os porcos são animais frequentemente comparados com cães por aqueles que conhecem bem estes animais. Têm como características a simpatia, lealdade, inteligência e limpeza. Os porcos são animais que no seu habitat normal gostam de brincar, explorar os locais com o seu poderoso olfacto e apanhar banhos de sol. Quanto à inteligência destes animais há a referir que se considera o seu comportamento como mais inteligente do que o comportamento de crianças com 3 anos de idade.

Atualmente já são poucas as pessoas que têm acesso a estes animais, sendo cada vez mais complicado conhecer animais no seu habitat normal pelo nosso estilo de vida citadino e moderno.  O estilo de vida moderno alterou não só os nossos hábitos mas também o dos animais, sendo uma realidade que a maioria dos porcos estejam agora sujeitos a viver em locais apertados, imundos e num constante estado de stress intenso. As brincadeiras, curiosidades e banhos de sol são hoje substituídos por uma realidade de abuso e sofrimento.

A realidade na indústria animal traduz-se no sofrimento das fêmeas, machos e bebés. As fêmeas vivem em apertadas celas, locais que não permitem os mais simples movimentos como virarem-se. As porcas ficam sujeitas a gravidezes sucessivas até o seu organismo não suportar mais este abuso e são enviadas para abate. Com o nascimento do porquinho nas piores condições imaginárias e sem direito a tratamento veterinário se necessário, mãe e filho(a) são separados apenas algumas semanas após o nascimento. Aos leitões cortam as caudas e dentes sem analgésicos, os machos são ainda castrados. Os machos vivem as suas vidas em espaços lotados e imundos, sem arejamento.

Ao atingirem o crescimento favorável à indústria, os animais são forçados a entrar em camiões com destino ao abate. As viagens são de muitos quilómetros e os porcos sujeitos a extremos climatéricos sem água nem comida. De acordo com os relatórios da indústria 1 milhão de porcos morrem a cada ano nestas viagens, chegando alguns a congelar no inverno. Dentro do número de sobreviventes 420 mil chegam com lesões físicas ao matadouro. Já nos matadouros e devido aos métodos inapropriados de atordoamento, muitos animais estão conscientes quando colocados em água a ferver para serem escaldados, com o objectivo de remover os seus cabelos e suavizar a pele.

 

A luta contra esta terrível realidade é simples e está ao alcance de todos. Opte por uma alimentação vegana. Esteja atento ao nosso Blog, vamos ajuda-lo a ter uma alimentação saborosa, saudável e livre crueldade.

Grupo Vegan Português

Deixar uma resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

WordPress.com Logo

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Log Out / Modificar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Log Out / Modificar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Log Out / Modificar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Log Out / Modificar )

Connecting to %s